quinta-feira, março 06, 2008

Mapa da Pobreza em Porto Alegre - 3 (Arquipélago)

Atendendo a inúmeros pedidos, pesquisei a respeito das favelas no bairro Arquipélago de Porto Alegre, que se localiza nas ilhas do lago Rio Guaíba, na divisa com os municípios de Guaíba e de Eldorado do Sul.

O mapa geral do bairro é o seguinte:


As vilas localizam-se nas quatro ilhas povoadas residencialmente: Ilha do Pavão, Ilha Grande dos Marinheiros, Ilha das Flores, Ilha da Pintada. Como eu já havia dito em posts anteriores, as favelas nessa região, apesar de notoriamente muito pobres, com barracos de madeira e sem nunhuma infra-estrutura, são pequenas e de barracos dispersos, o que dificulta a localização. As principais zonas de pobreza, para facilitar a observação, foram circuladas em vermelho.

Na Ilha do Pavão, a favela localiza-se na costa oeste, junto à BR-290, e abaixo da ponte sobre o lago:


Na Ilha Grande dos Marinheiros, a maior região de barracos localiza-se na costa leste, próximo à BR. Ao sul e à oeste, encontram-se algumas comunidades favelizadas espalhadas:


Na Ilha das Flores, célebre por um documentário honônimo que descreve a vida de seus moradores mais pobres na coleta (e consumo) de lixo urbano, a favela é visível, e percorre a extensão de toda a estrada. À sudoeste da ilha, encontram-se casas grandes, de classe média:


Na Ilha da Pintada, cujo acesso por terra é mais difícil (fica longe da BR), a localização das favelas é bem mais complicada, já que as regiões de barracos se confundem com casas maiores, estaleiros e empreendimentos que parecem ser de cunho comercial (como galpões). As concentrações de barracos são muito "picadas" pelo mapa:


Agradeço qualquer informação adicional sobre essas vilas.

3 comentários:

Diego da Silva Rodrigues disse...

Ricardo;

Como te disse, fiquei sabendo da situação das ilhas pelo trabalho que fiz junto à Cruz Vermelha, mas não tenho comigo nenhum dos bancos de dados. Na sede da instituição em Porto Alegre, todavia, com certeza há, além de fotos e outros materiais.

Se teu interesse for deveras grande, manda um e-mail para lá, pedindo informações:

cvbrs@cvbrs.org.br

Pus um link dessa tua pesquisa no meu blog.

Abraço.

Ricardo Schweitzer disse...

Martini,

Que bom que não fui o único a lembrar das favelas do Arquipélago.

Eu tenho acesso à associação de moradores e aos líderes comunitários da Ilha dos Marinheiros, e esses por sua vez têm contato com os das demais ilhas. Se precisares de alguma informação me avisa que vejo o que posso fazer por ti.

Ricardo Agostini Martini disse...

Agradeço toda atenção.

Meu interesse pelas vilas de Porto Alegre, pelo menos por enquanto, está mais restrito a sua localização. Mas, qualquer informação sempre é bem vinda.

Abraços