sexta-feira, janeiro 06, 2006

O Mágico de Oz - L. Frank Baum

Me disseram que esse livro era, algo do tipo profético, cheio de simbologias e de metáforas. E, um grande parceiro meu da faculdade (Economia - UFRGS), o Fred, já apresentou uma monografia do tipo "O Mágico de Oz como uma Crítica à Política Monetária Norte-Americana". Por isso, muito feliz eu fui ler o livro, ansioso por encontrar ensinamentos ocultos no enredo.

Li o livro e... Putz! Não vi profecia nenhuma, tampouco simbologias e metáforas. Ou eu não tenho QI suficiente para entender o verdadeiro significado da história, ou isso é apenas uma história infantil, supervalorizada pelos seus aspectos psicodélicos. Muitas vezes o autor recorre à técnica da repetição, onde vários personagens realizam as mesmas ações, muito comum em histórias para fazer crianças dormir (sim, o livro me fez dormir algumas vezes, apesar dos meus 21 anos). Outro ponto interessante é a quase ausência de descrições profundas dos cenários e personagens (há apenas caracterizações visuais, como as cores, o tamanho, etc.), o que torna o enredo muito rápido, como uma história narrada oralmente. E ainda, muitos dos capítulos são desnecessários para se compreender a história, sendo verdadeira "enchessão de lingüíça".

Se há alguma metáfora compreensível na história, são as discussões entre os três personagens secundários da obra (o Espantalho, o Homem de Lata e o Leão Medroso), sobre o que é mais importante para viver a vida e alcançar a felicidade: um cérebro (simboliza a inteligência e a racionalidade), um coração (simboliza os sentimentos e alguma coisa como o altruísmo) ou a coragem. Durante o enredo, os três personagens acabam descobrindo que esses valores não são um objetivo em si, e no decorrer de suas jornadas vão os adquirindo pela experiência.

De resto, o livro é pura psicodelia, com casas voando, homens-martelo com pescoço de borracha e cabeça chata, bruxas boas, bruxas más, animais falantes, e por aí vai.

E não sei onde que o Fred andava com a cabeça para var algima coisa nesse livro a ver com a política monetária norte-americana!

2 comentários:

Bruno disse...

esse filme é um verdadeiro lixo pelo amor de deus como alguem pode gostar disso
isso é filme pa criançinha eu acho q até as criançinhas vão achar uma droga esse filme eu assisti esse filme por obrigação na escola esse filme foi passado em uma 8ª série para finalizar esse filme é uma perca de tempo, lixoooooooooooooooooo

Anônimo disse...

Aqui campeão: http://www.rae.com.br/artigos/224.pdf